Nintendo Wii U, ainda vale a pena?

Gamepad wii u

O Wii U, mais recente sistema da tradicionalíssima Nintendo e lançado em 2012, tentou se destacar no mercado da mesma maneira que o seu antecessor Wii: através da inovação.

Com capacidade inferior de hardware comparado aos concorrentes principais (PS4 e Xbox One), o Wii U apostou todas as suas fichas em uma forma única de jogar videogame: o controle gamepad, que lembra muito um tablet.

Mas será essa inovação suficiente para que os gamers prefiram o Wii U às máquinas mais avançadas da geração atual?

 Wii U Nintendo

console-e-gamepad-wii-u gamepad-wii-u-2

Apesar da aparência de “tijolão”, o controle é bastante confortável.

Dependendo do jogo, o gamepad pode ser utilizado de diversas maneiras, por exemplo como um mapa à disposição sem precisar pausar o jogo, ou como um visor.

Mas a maior novidade é que você pode transferir a imagem da televisão para jogar na tela do controle! É fácil, e funciona com todos os jogos que eu testei.

Muito bacana, especialmente se alguém quiser usar a TV enquanto você se diverte com seus games favoritos.

Televisão Wii U

Uma das maiores críticas que o Wii U tem recebido é a falta de games não produzidos pela Nintendo.

Os lançamentos grandes, como Resident Evil e Assassin’s Creed, não devem aparecer no Wii U em suas edições mais recentes, devido à performance inferior do sistema.

O que geralmente dá pra confiar nos consoles da Nintendo é que os principais mascotes não costumam decepcionar.

Quem compra o Wii U espera ansiosamente pelo próximo Mario, pela nova aventura Zelda, pelo empolgante Super Smash Bros., e outras tantas séries populares que certamente vão participar desta nova Geração N.

Considerando os clássicos que já deram as caras no sistema, os games da própria Nintendo são, com certeza, o motivo número 1 para se comprar um Wii U, à frente de qualquer inovação de controle ou hardware.

O gamepad ainda não é vendido separadamente, mais de 2 anos depois do lançamento. Além de já ser um acessório frágil, é preciso tomar cuidado dobrado para não precisar de um novo.

Para os jogos que não exigem o tablet, é recomendado comprar o controle Wii U Pro, que funciona como um pad de games tradicional, ou usar algum controle do Wii. Aliás, o Wii U é 100% compatível com o antecessor, tanto para acessórios como para os games. Bem legal.

Wii u pro
Wii U Pro (Imagem/Reprodução)

Wii U vale a pena?

A Nintendo é uma líder extremamente respeitada no mundo dos games, mas a impressão de uns anos pra cá é de que estão um pouco atrasados com  relação à concorrência.

O Wii U ainda vale a pena se você for fã incondicional dessas séries tão queridas que ajudaram a escrever a história dos games, mas ainda assim é tecnicamente uma máquina da geração anterior, com preço de geração atual, e com perspectiva menor que a de seus grandes concorrentes.

O jeito é torcer para que lancem mais e mais clássicos que justifiquem o investimento.

E você, já jogou o Nintendo Wii U? O que achou? Conta aí!

Oi! Meu nome é Renato Penov, tenho 31 anos e sou formado em publicidade pela ESPM.

Nasci em Sampa, ali na região da Av. Paulista, ou seja, falo ‘meu’ no começo e no final das frases. Gosto demais de escrever, sou fascinado por ciência e pelo mundo dos games, e amo futebol (especialmente quando o Corinthians joga).

Trabalho com redação e design, e agora sou colaborador do Testa pra Mim e vou falar dos assuntos que mais gosto por aqui.