Assine e não perca as atualizações... Inscreva-se
Iogurtes

Iogurte grego Paulista: mais um grego Danone

Iogurte grego Paulista

A minha primeira experiência com iogurte grego foi com a marca Vigor, o grego salgado. Confesso que não tenho boas lembranças desse teste, porque o produto não conseguiu agradar em nada meu paladar.

Mas pra desmistificar que não era algo tão incomum, o leitor Flávio deixou o seguinte comentário no post:

“No exterior o iogurte grego salgado é muito comum. Em um supermercado de Montreal o número de sabores chegava a ser maior que os disponíveis na linha doce. Azeitonas, atum, jalapeño, salmão, salsa, cebola, entre outros.

Apesar da estranheza inicial, sugiro que experimentem no lugar das tradicionais e calóricas pastas que levam maionese como base.”

Sempre bom ouvir opiniões diferentes sobre produtos que talvez pra nós não sejam tão bons/comuns!

Depois, a Fabíula testou os gregos da Nestlé que tinham a proposta de parecer tortas, mas se assemelhavam muito com o sabor de iogurtes comuns da própria marca.

Ou seja, até hoje os gregos nos decepcionaram um pouco.

Mas como eu não desisto, hoje o grego posto a prova é da marca Paulista (pertencente à Danone).

Os sabores que comprei para experimentar são: Baunilha, Calda de pêssego e Calda de morango (todos são de baunilha, mas dois sabores têm a calda como ‘diferencial’). Cada um custando R$1,29.

Iogurte grego Paulista sabor baunilha

O de baunilha eu diria que é mais comum dos três; bem docinho, gostoso, mas não tem muita diferença dos iogurtes comuns de baunilha que já experimentei, talvez seja só mais cremoso.

Iogurte grego Paulista sabor calda de pêssego

O calda de pêssego é o sabor baunilha com uma alta quantidade de calda sabor pêssego (bem gostosa por sinal), é mais doce que o primeiro sabor, mas também é mais saboroso.

Iogurte grego Paulista sabor calda de morango

O calda de morango, também de sabor baunilha, e com uma quantidade bem generosa de calda de morango, o que tornou o iogurte muito doce. A calda tem sabor bem gostoso, mas acho que a dose foi exagerada.

Pra quem não pode ingerir grandes quantidades de açúcar, talvez o grego Paulista não seja o produto ideal, principalmente se for até o fim dos potinhos que tem calda (a calda está mais presente no fundo do pote).

Aí fica o dilema, os sabores mais gostosos são justamente os que tem as caldas, então só posso dizer que infelizmente foi mais um teste com grego não tão incrível.

Se você conhecer um iogurte bem gostoso pra a gente testar e dar a dica aqui no TPM, me conta nos comentários.

Escrito Por

Irmão mais velho e mais alto também, com 1,85 de altura. No Testa pra Mim, sou quem faz tudo funcionar. Nas horas vagas, arrumo os pcs das tias, aprendo a fazer arroz e estudo coisas nerds.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *