Assine e não perca as atualizações... Inscreva-se
Desafio culinário

Desafio sexta-feira do pão de queijo: Fleischmann

Pães de queijo fleischmann

Essa semana começa no TPM uma série de testes bem mineiros.

Algumas pessoas têm pedido para testarmos marcas de pão de queijo por termos ‘experiência’ no assunto. Modéstia à parte, mas moramos por muitos anos em Minas ♥

O objetivo principal da nossa maratona, será eleger entre as marcas testadas o top 3 que mais se aproxima do pão de queijo mineirinho.

Para isso, vamos testar todas as opções de marcas que formos encontrando em supermercados, portanto não temos previsto um período de duração para o desafio.

Abaixo os critérios que utilizaremos para a avaliação:

  • para se destacar o pão de queijo precisa ter um bom gosto de queijo e massa de qualidade;
  • para ser convidativo, a textura e aparência do pão de queijo devem ser de qualidade, vide ilustrações nas embalagens que sempre são maravilhosas;
  • vamos levar em conta que este tipo de pão de queijo é pensado para oferecer praticidade ao consumidor;
  • seguiremos o passo a passo que vem nas embalagens ao pé da letra

Então, partiu testes! \o/

A marca estreante do nosso desafio é a Fleischmann.

Mistura para pão de queijo fleischmann

O que você precisa (instruções da própria embalagem):

  • 1 pacote da mistura para Pão de Queijo
  • 2 ovos
  • 1/2 xícara (120 ml) de água
  • 100 g de queijo minas frescal ralado (opcional)

Mistura para pão de queijo fleischmann

Como a ideia é ser prática e não é obrigatório acrescentar queijo, optei por não adicionar.

Modo de preparo (instruções da própria embalagem):

  • Coloque tudo numa travessa e misture até formar uma massa homogênea.
  • Faça bolinhas e organize em uma assadeira (não precisa untar, a massa já fica bem oleosa).
  • Asse em forno pré aquecido (190º) por aproximadamente 20 min.

Mistura pronta fleischmann Pães de queijo forma fleischmann Rendimento (instruções da própria embalagem):

Rende 30 pãezinhos de aprox. 16 g.

Pão de queijo textura fleischmann

Avaliação TPM:

Infelizmente, nosso primeiro teste foi um pouco triste. Para começar, o rendimento foi de apenas 20 pãezinhos.

Como não foram pesados, não sabemos se os nossos ficaram maiores que o recomendado na embalagem, mas fizemos bolinhas em torno de 4 cm de diâmetro (depois de assados crescem mais um pouco).

Além disso, colocamos em forno pré aquecido como sugerido, mas levou o dobro do tempo para ficar pronto (aqui devemos levar em conta a diferença entre os fornos, então não classificamos como negativo).

O que mais decepcionou é o fato de mistura não ter gosto de queijo. Ao experimentar, sentimos muito mais o gosto do polvilho. Ponto muito negativo, já que a ideia era fazer pão de queijo.

Mas como nós sempre buscamos avaliar todos os critérios, temos 3 pontos muito bons para falar sobre esse produto.

Primeiro, a massa possui um gosto bem saboroso, então acreditamos que se acrescentarmos o queijo minas como sugerido na embalagem (opcional), pode dar um ótimo resultado.

A gente optou por não acrescentar o queijo, pois nosso objetivo é testar a receita original, sem interferências.

Segundo, a praticidade de preparo.

Não precisa ser chef de cozinha para se arriscar, acredite!

Terceiro, por o centro do pãozinho ficar aerado, a textura é bastante macia.

Agora a nota do TPM após a experimentação, baseada na média dos critérios abaixo, onde a nota máxima para cada um é 5:
  • Sabor: 2
  • Quantidade de queijo: 1
  • Textura: 4
  • Praticidade: 5
  • Fidelidade do passo a passo da embalagem: 3

NOTA FINAL: 3

Assim, finalizamos o primeiro teste. Toda sexta traremos uma nova marca.

Caso queira participar, deixe nos comentários uma sugestão de marca pra a gente avaliar!

PS: ao final do desafio, além de elegermos as três marcas de destaque, teremos uma receita surpresa que todos vão querer testar 😉

Escrito Por

Como boa mineira que sou, gosto de uma prosa, de doce de leite, queijo, pão de queijo e de falar várias palavras no diminutivo. Mas vivendo em São Paulo, também aderi ao "meu", à pressa da cidade grande, às idas infinitas aos shoppings e à pizza de sexta-feira à noite.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *