Assine e não perca as atualizações... Inscreva-se
Cabelos

Cuidando do cabelo com a linha Dove Regenerate Nutrition

Nova linha Dove Regenerate Nutrition

Cabelo é aquele tipo de coisa que a gente passa uma semana satisfeitíssima com a forma que ele está e, do nada, como mágica, a gente encontra um defeitinho ou outro, né?

E bom, às vezes a gente tem razão mesmo, porque meu cabelo por exemplo é daqueles que cada hora tá de um jeito.

Eu tenho tipo muito cabelo e isso é sinônimo de amor e ódio. Agora ele está curto, porque é a forma que eu prefiro ele mesmo, mas já esteve comprido também. Fiz até um vídeo recente pro blog contando sobre a mudança.

Confira o antes e depois:

Meu novo corte de cabelo Dove Regenerate Nutrition

Bom, eu sou bem adepta a testes de produtos pra cabelo desde sempre, até mesmo antes de criar o TPM. Eu acredito que faz toda a diferença usar diversos tipos de shampoos, condicionadores, máscaras, óleos, etc.

Não sei, mas tenho a impressão de que o cabelo ‘vicia’ em um determinado produto e aí o resultado dele acaba sendo menor se não mudarmos ou fizemos uns complementos.

Sobre produtos Dove, eu confesso que tinha um certo preconceito com as linhas da marca desenvolvidas para cabelo, porque meu cabelo é oleoso na raiz, então pela consistência mais cremosa, ficava pensando que ia deixar minha raiz ainda mais difícil de controlar.

Mas me interessei demais por essa linha Regenerate Nutrition, acabei me rendendo pra comprar.

A linha faz parte da Advanced Series, foi desenvolvida na Europa e chegou no Brasil no finzinho de 2015. A proposta é recuperar cabelos danificados que necessitam de regeneração com Algas vermelhas + Queratina Nutri-Complex.

Mais especificamente, o foco é ser um tratamento de danos causados por processos químicos, sol, chapinha, babyliss, etc. No geral, eu não causo tantos danos no meu cabelo, porque deixei de usar secador + chapinha há mais de um ano e não faço químicas, mas ainda assim ele tem andado meio rebelde.

A linha completa vem: shampoo, condicionador, creme de tratamento e sérum em óleo.

O shampoo e o condicionador tem a consistência parecida. São branquinhos e concentrados. o shampoo apesar de mais cremoso, limpa bem e já dá pra sentir uma leve hidratada antes mesmo de usar condicionador.

O condicionador já deixa os cabelos macios logo quando aplica. Passei bem nas pontas, e deixei bem longe da raiz. Nada de oleosidade até aqui.

A máscara de tratamento eu usei em algumas lavagens, em uma delas coloquei touca por uns 20min, inclusive.

Gostei muito do resultado, deixa o cabelo bem macio também e os fiozinhos que tem mania de ficar rebeldes desaparecem.

A única coisa que não amei na máscara é que ela tem uma consistência muito líquida, parece o condicionador e não uma máscara.

E por fim, o óleo, que é é um ótimo finalizador. Não tenho costume de usar óleos assim, porque tenho a impressão que pesam meu cabelo, mas esse é leve demais, deixa as pontas lindas. Valeu testar a linha por tudo, mas o óleo com certeza foi o mais legal de conhecer.

Assista:

Gosto demais quando meu cabelo fica com esses ondulados e a linha ajudou para que ele mantivesse essa forma, o que é bem difícil, já que ele tem os fios grossos e é pesado. Além disso, quem não ama cabelo cheiroso, né? Isso eu acho demais em qualquer tipo de produto Dove, esse cheirinho que só eles têm. Nessa linha não é diferente, um perfume muito bom e que fica no cabelo.

E como o próprio nome diz, é um tratamento, então não esperem tipo milagres. Na verdade, logo no primeiro uso já senti um resultado excelente, mas ainda assim é algo que precisa continuar pra ficar 100% do jeito que a gente espera. Além disso, como eu disse no começo, vale alternar com outros produtos que você já utiliza, assim vai potencializar efeitos diferentes no seu cabelo.

Eu já vi essa linha pra vender em supermercados e farmácias, e tem online na Netfarma e Drogaria São Paulo

Me conta qual o seu jeitinho de cuidar do cabelo aqui nos comentários 🙂

Escrito Por

Como boa mineira que sou, gosto de uma prosa, de doce de leite, queijo, pão de queijo e de falar várias palavras no diminutivo. Mas vivendo em São Paulo, também aderi ao "meu", à pressa da cidade grande, às idas infinitas aos shoppings e à pizza de sexta-feira à noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *