Assine e não perca as atualizações... Inscreva-se
Clubes de assinatura Conta pra mim

Clube de assinatura de capinhas de celular: Faça sua Capa

Faça sua Capa de celular

Os clubes de assinatura mensal vem crescendo cada dia mais, existe um pouco de tudo: caixas de guloseimas com opções de comida fitness, veganas, bebidas e frutas, ou caixas de produtos não alimentícios, como cosméticos, flores, produtos higiênicos, entre tantos outros que buscam agradar os mais diversos tipos de público.

Afim de inovar e aumentar ainda mais o seu número de clientes, a empresa Faça sua Capa, especializada em capas personalizadas para celulares, anunciou um tipo de assinatura mensal um tanto quanto diferente e inesperada: o Clube de Capinhas!

(Imagem/Reprodução)

Não, você não leu errado. Se trata de um pacote que enviará mensalmente cases e películas para os assinantes.

Existem 3 tipos de planos diferentes para quem deseja contratar o serviço:

Faça sua Capa de celular planos
(Imagem/Reprodução) planos disponíveis no serviço Faça sua Capa

Para Mim

Quanto: é o mais barato, custando R$39,90 (tem uma promoção para os 100 primeiros assinantes, que pagarão R$29,90)

O que recebe: 1 capa e 1 película mensalmente

Para Nós

Quanto: é o intermediário, custando R$59,90

O que recebe: 2 capas e 2 películas mensalmente

Para Galera

Quanto: é o mais caro e completo, custando R$99,90

O que recebe: 4 capas, 4 películas e 2 Sticker-backs (deve consultar os modelos disponíveis), além disso seu frete é grátis na versão PAC.

Além dos produtos, os assinantes ainda terão cupons de descontos especiais em compras no site Matecki (venda de acessórios para celular) e no Faça sua Capa, que aumentam de acordo com o plano assinado.

Bom, pra quem gosta muito de dar outra cara ao celular, pode ser um investimento interessante.

Eu sou básica, então só troco a capinha quando a que estou usando pede socorro, rs. Alguém mais é assim?

Me fala se curtiu a ideia do novo clube de assinaturas 🙂

Escrito Por

Como boa mineira que sou, gosto de uma prosa, de doce de leite, queijo, pão de queijo e de falar várias palavras no diminutivo. Mas vivendo em São Paulo, também aderi ao "meu", à pressa da cidade grande, às idas infinitas aos shoppings e à pizza de sexta-feira à noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *