Brincou Trocou – conheça a ideia que surgiu de uma brincadeira

Daniel Pinho fundador do Brincou Trocou

Nós estamos acostumados a ouvir todo tipo de história sobre como surgem algumas ideias: conversa de bar, na hora do banho, um “simples” momento de descontração, brincando com o seu afilhado, ou tantas outras possibilidades.

E justamente nessa última opção citada surgiu a Brincou Trocou, startup idealizada por Daniel Pinho, que sempre analisava a quantidade de brinquedos que seus sobrinhos, ou filhos de pessoas próximas deixavam espalhados pela casa – os conhecidos, entulha baú.

“A ideia do BrincouTrocou veio depois de observar a quantidade de brinquedos que meus sobrinhos e amigos com filhos pequenos deixam largados em suas casas. Percebi também que as crianças brincam por um período e depois deixam de lado querendo brincar com algo diferente. O brinquedo não precisa ser novo basta ser diferente.”

Comenta Daniel Pinho, fundador do Brincou Trocou

Como funciona o Brincou Trocou?

Ao se cadastrar no site você ganha automaticamente 10 moedas virtuais de prata. Mas pra que serve isso? Calma que a gente chega lá!

Ao – entrar na brincadeira – e cadastrar algum produto, você vai acumulando moedas de prata por cada like recebido e também um número de moedas que indicar após o brinquedo ser solicitado por alguém.

Existem também moedas de ouro, que você deve comprar, elas servem para o pagamento do frete no ato da compra. Por exemplo: você solicita um brinquedo de São Paulo, com custo de 50 moedas de prata + 30 moedas de ouro.

E assim que o brinquedo chega ao usuário que efetuou a compra será creditado de seu saldo as moedas de prata solicitadas anteriormente pelo primeiro dono brinquedo.

Passo a passo Brincou Trocou
(Brincou Trocou/Reprodução) passo a passo Brincou Trocou

Caso se interesse pelo brinquedo de alguém, você deve solicitá-lo com o saldo de moedas acumulado em sua conta também.

Doações

Outra possibilidade é que caso o seu brinquedo não seja solicitado por nenhum outro usuário em 30 dias, o Brincou Trocou oferece a opção de doação para uma instituição parceira, e você receberá as moedas que pediu pelo brinquedo para poder solicitar outro brinquedo no site.

E como anda o projeto?

O site está há 18 meses no ar, possui mais de 10 mil usuários e 413 brinquedos cadastrados. Já foram realizadas 261 trocas para vários estados do Brasil.

Atualmente o maior desafio da empresa é conseguir apoio financeiro para investimento em marketing e com isso aumentar exponencialmente a base de usuários, já que mais quantidade e variedade de brinquedos cadastrados tornariam o serviço bastante atrativo.

Conheça os passos pra começar a usar a ferramenta:

Achei a ideia o máximo, um espaço que além do desapego em si, faz com que nos tornemos mais conscientes sobre algo que não usamos mais, e claro, ensinamos esse valor para os pequenos desde sempre.

Curtiu também? Pra conhecer mais e fortalecer essa corrente, acesse: BrincouTrocou.com.br

  • Madalena

    Adorei a idéia de ensinar aos pequenos a compartilhar o pouco que se tem e fazer outras crianças felizes também

  • silvia oliveira

    e uma posibilidade ate mesmo de concientização, para um pais que sao tao consumista…e uma ideia excelente…